Saltar para: Posts [1], Pesquisa [2]

Camellia

6 filmes que vejo e revejo

 

PopcornTimebyCamelliablog1.png

 

 

Vários são os filmes que vamos coleccionando na nossa memória. Alguns, mesmo passados largos anos, perduram e mantém o encanto e a capacidade de nos prender ao ecrã. As razões são diversas, muitas vezes revemos na ficção parte da nossa realidade ou então, encontramos naquela fracção de tempo um momento ideal de distracção e entretenimento. Poderia listar mais, mas estes de que falo hoje não poderiam com certeza faltar. 

 

Na esfera do romance, elegi "Before Sunrise" e "Love Actually". O primeiro, como em muitas triologias, destaca-se dos restantes. Talvez um dos aspectos mais cativantes seja a forma espontânea, intensa e aparentemente natural (como se algo semelhante nos sucedesse) que caracteriza a paixão que surge entre as personagens. Conta também a brecha de esperança no reencontro. 

No caso do segundo, penso que ainda não encontrei uma comédia romântica que conseguisse um balanço tão harmonioso entre a comédia e o romance. A alusão à época natalícia é a cereja no topo do bolo. Sinceramente, já perdi a conta das vezes que vi este filme!


No campo da acção e drama, "Crash" enche as medidas. Diferentes cenários pautados pelo drama colidem e se interrelacionam. As problemáticas representadas são pertinentes e merecem atenção, tal como as excelentes performances.


Do lado da acção, mas com o pé avançado na ficção científica, "Matrix" foi, mesmo para quem não gosta, uma grande revelação na altura. Arrecadou legiões de fãs e ainda hoje me considero uma. Tanto o primeiro como o segundo continuam a chamar por mim quando passam na TV, para assim retornar a realidades paralelas.

 

"A.I." , apresenta uma história com uma força imensa, que nos remete para algo tão transversal como o amor e a saudade. A componente afectiva não deixa ver este filme com muita leveza, pode até depender do nosso percurso até ao momento, mas não deixa de ser comovente. 

 

Por fim, "Fight Club", também um drama (devo ter uma queda), este considero a oportunidade ideal para mergulhar numa espécie de estado de alienação, no qual seguimos atentamente a personagem central e nos deixamos arrastar pelos meandros da sua (in)sanidade. Só desaconselho a quem não tolerar cenas de violência explicita.

 

 

 

Quais os filmes que não se cansam de rever? :) 

 

 

6 movies1.jpg