Saltar para: Posts [1], Pesquisa [2]

Camellia

Um (possível) guia para 2017

fmd_cru6otk-cathryn-lavery.jpg

 

 

O fim do ano traz alguma ponderação e balanço sobre o que vivemos nos últimos  meses. Pensamos no que conseguimos alcançar através do nosso esforço e nas oportunidades disfrutadas. Felizmente estamos sempre a aprender e temos por isso a hipótese de reajustar alguns hábitos aos objetivos planeados. Partilho assim algumas sugestões que funcionam comigo.

 

 

Para cada mês podemos definir objetivos, os quais  representem algo a concluir até o final dos 30/31 dias ou algo mais a longo prazo. Nesse caso, em cada mês poderão avaliar o que conseguiram alcançar que contribuiu para no futuro atingir essa meta. Em cada semana importa definir prioridades de acordo com o estabelecido para assim evitar dispersar e perder o foco! Para além disso, à medida que subimos pequenos degraus, a satisfação e confiança aumentará.

 

 

Talvez um plano mais conciso que incluia determinar o tempo dispensado diariamente nesse objetivo ajude (e muito!) para avançar gradualmente e nutrir a sensação de missão comprida. Estamos realmente a investir e a verificar que algo se modifica!

 

 

 

Estejam atentos aos pequenos momentos pelos quais devemos agradecer. Muitas vezes, e falo por mim, apenas  centramos-nos no que queremos mudar e melhorar, não deixando espaço para reconhecer que há factores a valorizar e que o nosso bem-estar não deve estar limitado por esses objectivos. Até porque, quando algo não sucede como o esperado, o melhor será salientar tudo de positivo que conseguimos e manter a perseverança.

 

 

 

 

 

 

O que fazer ao Domingo?

app inviita.JPG

 

 

A Inviita responde. Descobri recentemente esta aplicação, a qual permite escolher,consoante o estado de espírito, um roteiro turístico na cidade em que nos encontramos no momento. Jardins, museus, restaurantes, bares e outros fazem parte dos percursos. A partir da app podem também partilhar e conhecer outras experiências. Parece uma ótima sugestão para descobrir um programa adequado às nossas preferências e interesses, não só em Portugal como em outros países. A parte menos positiva, para já, é que apenas se encontra disponível para o sistema operativo iOS. Seja ao Domingo ou em outro dia em que a indecisão sobre o que fazer é maior, pode sem dúvida ser uma mais-valia e proporcionar a descoberta de novos lugares, mesmo na nossa cidade!

 

 

 

 

Weekend Notes (27)

 

ideias de fim de semana.png

 

 

 

 

Em contagem decrescente para a noite de Natal, algumas propostas de fim-de-semana estão inevitavelmente relacionadas com a sua celebração.

 

 

Na Invicta, junto à imponente árvore de Natal ,podem assistir de forma gratuita ao bailado de Natal à Volta do Mundo, um evento que promete encantar e espalhar a magia desta época. Ocorrerá às 17h30 de hoje, Sábado, Domingo, dias 15, 21 e 23 de Dezembro e ainda dias 6 e 8 de Janeiro na Praça do General Humberto Delgado.

 

 

Pelas Caldas da Rainha decorre até dia 11 deste mês um festival Street Food, acompanhado por música e muita animação. A entrada é livre.

 

 

Fãs de videojogos, cinema e animação encontram na terceira edição da Comic Con em Matosinhos uma boa oportunidade para celebrar, representar as suas personagens favoritas e partilhar interesses com outros admiradores.

 

 

Se estão naquela fase de procura de prendas a Cabana Shop pode ser uma boa surpresa, encontram artigos muito originais.

 

 

O Pátio da Galé, em Lisboa, recebe vinhos lisboetas e setubalenses. Neste evento Vinhos no Pátio alguns workshops podem aumentar o conhecimento sobre como provar e diferenciar vinhos.

 

 

 Bom fim-de-semana!

 

 

Flocos de Neve

white-wonderland.jpg

 

 

Este ano o espírito natalício tarda em chegar, mas não deixo de reconhecer esta bonita sugestão de decoração, onde o branco puro predomina. 

 

Para além desta breve inspiração deixo algumas ideias para aproveitarem a aura do Natal da melhor forma! 

 

 

 

Mercados de Natal

9 Actividades que não podes perder este Natal no Porto!

7 Actividades de Natal em Lisboa para fazer em família

 Natal saudável com receitas de Nutricionistas

 

 

 

Bom fim-de-semana! 

 

 

 

 

Weekend Notes (26)

Bungalow5_Books_Muuto.jpg

 

 

Nos próximos dois dias os apreciadores de musica, cozinha italiana e vinho poderão encontrar o programa certo, mas não só.

 

 

Por Barcelos decorre entre hoje e amanhã o Celos Rock. A música moderna portuguesa pauta o evento.

 

 

O Wine Fest 2016 permite este sábado conhecer diferentes paladares de um valioso produto português.

 

 

Na Praça da Figueira em Lisboa, o Mercato Italia divulga música e sabores italianos. Restaurantes e gelatarias estarão presentes até Domingo, a entrada é livre.

 

 

Também em Lisboa, decorrerão neste fim-de-semana e no próximo, passeios literários, os quais convidam a saber mais sobre dois nomes sonantes, Fernado Pessoa e José Saramago.

 

 

Os Caminhos Film Festival leva até Coimbra e Leiria o melhor do cinema Português.

 

 

Para terminar em bem, o Festival Termómetro passará hoje por Lisboa e amanhã por Leiria, prometendo outras estadias em diferentes datas.

 

 

 

Bom fim-de-semana! 

 

 

Travel | Vantagens de viajar sozinho

photo-1470472304068-4398a9daab00.jpg

 

 

No início pode criar alguma ansiedade. Trata-se de uma situação nova que pode não ser muito atractiva à primeira vista. No meu caso, logo após as primeiras viagens apercebi-me das vantagens que nos traz.


Antes de mais dá-nos liberdade para escolher onde queremos ir, como e quando. Quando estamos acompanhados há sempre a necessidade de combinar interesses e vontades. Neste caso não. Apenas vocês decidem o que querem retirar e aproveitar daquele momento. Também notei um maior interesse em informar-me sobre diferentes aspectos inerentes à mobilidade, alojamento e não só. Para assim sentir-me mais segura caso algo não sucedesse como o esperado.

 

Após essa sensação de liberdade chegou-me uma maior descontração e iniciativa em interagir com desconhecidos. Estamos por nossa conta e é certo que iremos precisar numa ou outra situação de perguntar direcções ou outras informações. Em algumas situações encontrei pessoas muito simpáticas, com as quais conversei mais um pouco.

 

A longo prazo, apercebi-me de que tinha uma excelente oportunidade para me conhecer melhor. Permitiu-me uma introspecção a outro nivel, entender o que precisava de melhorar durante esse ciclo e o que estava, na realidade, a concretizar.

 

No ponto de partida era um desafio e quando ultrapassamos algo que nos cria dúvida, tal melhora com certeza o nosso auto-conceito e por consequencia, a nossa auto-estima.

 

As vivências de uma viajem a solo assumem um significado especial e no fim percebemos que temos e desenvolvemos mais recursos do que esperávamos.

 

 

Já tiveram essa experiência? O que me dizem de experimentar? ;)

 

 

 

Nova edição BMAG

unnamed.jpg

 

 

 

Sai mais uma edição da revista BMAG, na qual tenho o prazer de manter presença. Desta vez o tema refere-se a uma escolha mais ao menos generalizada: aprender online. De há uns meses para cá tenho coleccionado algumas opções muito interessantes, as quais permitem-nos aprender em qualquer lugar e gratuitamente, uma grande vantagem hoje em dia. As disciplinas ou matérias, como quiserem, são múltiplas e inserem-se nas mais diferentes áreas do conhecimento. Esta revela-se uma alternativa mais produtiva para aproveitar o tempo livre. Acedem ao site da revista e fiquem a conhecer, não só o meu artigo, como muitos outros de qualidade. Precisam apenas de fazer o registo ;) 

 

 

 

Um óptimo fim-de-semana para quem está desse lado!

 

 

 

O Vício do Papel e Caneta

notebook diy.JPG

 

 

Quando pensei nas palavras que se seguirão não imaginei, sinceramente, que este fosse um dia marcado por tanta indignação e estranheza. Contudo, serve também a escrita para nos abstrairmos ou libertarmo-nos desses infortúnios.


O papel e a caneta, mesmo perante toda a panóplia tecnológica, mantém-se presentes, sempre a jeito ora para apontar aquela notinha que não devemos (ou queremos) esquecer ora para planear o dia. Já comprovado está o efeito terapéutico da escrita. Parece que tem mesmo o poder de nos arrumar por dentro, algo tão simples, como um papel e caneta.


Uso frequentemente blocos de notas, que até tém tendência para durar devido ao meu hábito enraizado de reaproveitar as folhas usadas. Algo que não já compro há um bom tempo é uma agenda. Como não tarda muito para receber mais um ano, partilho algumas sugestões, parte trazem o bónus de podermos dar algum contributo a causas relevantes.

 

 

 

 

Capaaberta.jpg

 

Animais de Rua