Saltar para: Posts [1], Pesquisa [2]

Camellia

Nova edição BMAG

unnamed.jpg

 

 

 

Sai mais uma edição da revista BMAG, na qual tenho o prazer de manter presença. Desta vez o tema refere-se a uma escolha mais ao menos generalizada: aprender online. De há uns meses para cá tenho coleccionado algumas opções muito interessantes, as quais permitem-nos aprender em qualquer lugar e gratuitamente, uma grande vantagem hoje em dia. As disciplinas ou matérias, como quiserem, são múltiplas e inserem-se nas mais diferentes áreas do conhecimento. Esta revela-se uma alternativa mais produtiva para aproveitar o tempo livre. Acedem ao site da revista e fiquem a conhecer, não só o meu artigo, como muitos outros de qualidade. Precisam apenas de fazer o registo ;) 

 

 

 

Um óptimo fim-de-semana para quem está desse lado!

 

 

 

Assim gosto!

 

 

São raras as publicidades que apresentam um conteúdo cativante que transmita uma mensagem transversal e com a qual todos nos identifiquemos. Esta iniciativa da Lancôme conseguiu surpreender-me, este é um tema importante que pauta conversas, interações, o modo como percepcionamos e avaliamos o outro. Temos o hábito de estabelecer uma idade para tudo, tanto somos demasiado novos para fazer algo como demasiado velhos para outra actividade qualquer. Chega a ser irritante como o número de anos que vivemos possa influenciar automaticamente o modo como os outros perspectivam aquilo fazemos ou deixamos de fazer.

 

Sendo realista sei perfeitamente que dificilmente encontraremos uma maioria que deixe de lado uma série de estereótipos e uma visão redutora para aceitar que todos temos o nosso próprio timing. Contudo, não custa acreditar que mensagens como esta possam fazer pensar um bocadinho mais sobre o assunto.

 

 

Faz tu! (3)

DIY Notebook.JPG

 

 

O caderno de notas anda sempre comigo para não deixar escapar nada importante, se não apontar de imediato afazeres ou alguma ideia é certo que esta cabeça distraída a deixa fugir. Dei por mim a pensar que gostaria de ter os meus cadernos com um toque mais pessoal e lá experimentei personalizar alguns. De forma fácil e rápida conseguimos torná-los mais nossos e diferenciados sem ser preciso um grande gasto de tempo ou dinheiro.

 

Precisamos de:

 

Neste caso optei por comprar 3 cadernos simples que se vendiam em conjunto e que considerei fáceis de personalizar

Furador

Cola 

Tesoura

Letras 

Fita (s) de tecido

Caneta 

 

De início pensei usar apenas o furador, depois à medida que ia encontrando as fitas lembrei-me que também poderia fazer colagem e obter um resultado engraçado. Na verdade as fitas são um exemplo porque com imaginação e o vosso gosto pessoal até podem experimentar outros acessórios.

 

O procedimento é bem simples, ora podem colar a fita ou então depois de usar o furador fazer um laçarote. Depois é só usar as letras como vos apetecer.

 

DIY Notebook 2.JPG

DIY Notebook 3.JPG

 

A minha caligrafia não é uma beleza, é certo, mas gostei do resultado e agora é escrever e rabiscar até acabarem para fazer mais! :)

 

Se ainda forem a tempo talvez possa ser uma boa prenda para alguém que também não passe sem um notebook. Só precisam de encontrar o que querem usar, porque o procedimento é rápido. 

 

 

Faz tu! (2)

 

Como conservar bijuteria.JPG

 

 

Desta vez trago uma resolução prática que se refere à preservação e recuperação de bijuteria. Para além de ser especialista em perder brincos já vi algumas das peças que mais gostava a oxidar e ficar sem uso. Pesquisei e encontrei algumas ideias que podem prevenir que isso aconteça. Começei a dispor alguma da bijuteria em pratos porque para além de gostar do efeito, ajuda a mantê-las mais organizadas. 

 

Preservar

 

Evitar o contacto entre as peças devido ao atrito. Outra razão para as dispor desta forma, contudo já reaproveitei tecido para colocar nos pratos e mantê-las mais isoladas. 

 

Evitar contacto com água, suor e cosméticos. 

 

Aplicar verniz base, de preferência sem brilho e evitando a parte do brinco que entra em contacto com a orelha. 

 

Recuperar

 

Aplicar tinta em spray ou verniz metálico na cor que pretenderem, bronze, prata ou ouro.

 

Aplicar um pouco de pasta de dentes com os dedos e depois esfregar com um pouco de papel higiénico. Deixar secar.

 

 

Uma das pulseira que está na foto já foi submetida à tentativa de recuperar com pasta de dentes, apesar de notar uma ligeira melhoria, vou ter mesmo que aplicar spray ou verniz.

 

O que costumam fazer para preservar a vossa bijuteria?

 

 

Faz tu! (1)

Faz tu (1).JPG

 

 

 

Na primeira publicação da rubrica estreante, onde se irão inserir projectos DIY e soluções práticas para o quotidiano, surge uma tarefa muito simples que já queria fazer há algum tempo. Em vez de comprar umas calças já rasgadas pensei em aproveitar essas que aí estão, um pouco desgastadas, para conseguir o efeito das badaladas ripped jeans. Gosto de ver o pormenor sobretudo em calças pretas e decidi experimentar. Muito rápido e não tem nada que saber. 

 

 

 

Faz tu (3).JPG

 

 

O que é preciso?

 

Lixa

Régua

Marcador

X-acto

Tesoura (podem ou não precisar)

Linha e agulha 

Qualquer objecto como revistas velhas ou superfície de cortiça que impeça de cortar o outro lado da calça. Usei uma toalha pequena gasta que guardo para limpezas e resultou bem.

 

Procedimento

 

 

Conhecem o Hövding?

hovding-bike-airbag-2.jpg

 

 

Existem ideias que realmente merecem o aplauso. O novo airbag para ciclistas, Hövding,  surgiu da mente de duas alunas de design industrial em Estocolmo, que depois de uma sondagem concluíram que em raros casos os ciclistas usavam capacete. De modo a colmatar esta falha e a promover  a maior segurança dos mesmos, deram origem a um capacete invisível que se assemelha a uma simples gola incorporada com sensores que detectam movimentos bruscos e anormais. Em risco de acidente, o airbag enche e cobre todo o pescoço e cabeça, protegendo mais do que o capacete convencional! Genial, para além da importante utilidade e de ser muito prático, o design está qualquer coisa, não concordam?   

 

  

Decor | Small & Smart Spaces

8663fb678fbfedc624670ed16de5964d.jpg

 

Actualmente há uma tendência para residir em espaços mais pequenos, tanto por factores económicos como sociais. A mobilidademais frequente é uma das razões, tal como a existência de núcleos familiares reduzidos. Bem, mas o assunto cinge-se hoje a algumas sugestões para tirar o melhor proveito da área que temos.

 

O espelho é um artigo de decoração que faz a diferença, dá a sensação de profundidade e torna o espaço mais amplo. Adorei estes dois exemplos que encontrei, para além de a divisão parecer maior valoriza também a decoração.

 

 

8d70213ba81ddb0565de4ce4592926f3.jpg

 

146bd74d8e96c7045d0422c311ebbf6c.jpg

 

 

As mesas de centro ou coffee tables com rodinhas são outra boa aposta para decorar quando o espaço não é muito. Assim podem ser usadas onde forem precisas e servir para arrumar alguns objectos, como livros e outros artigos decorativos.

Caso optem por escolher mesas sem esse acessório, é preferível escolher materiais ou modelos "abertos".

 

 

 

 

 

 

 

 

 

 

 

 

 

Get stuff done

04d3d2ad9ccd412a041d78dad57a03b9.jpg

 

A vontade de recomeçar em Setembro pode também passar por repensar e promover novas e melhores medidas para potenciar a capacidade de produzir e alcançar objectivos, day by day. Reuni então algumas propostas que me parecem ser muito úteis nesta procura de uma rotina de trabalho/estudo mais produtiva.

 

Simplificar pode realmente ajudar quando alguma tarefa nos deixa mais ansiosos. Precisamos por vezes de “desconstruir” esse receio encarando-o com maior descontração e optimismo. Começar é o primeiro passo e podemos por exemplo desdobrar a tarefa para que custe menos e até possamos pedir alguma ajuda mais tarde. Importa também aceitar que mesmo de modo imperfeito interessa prosseguir e tentar!

 

Logo pela amanhã um mau hábito a evitar é correr para as redes sociais, e-mail e toda essa panóplia tecnológica. Devemos começar devagar e tentar contornar aquele frenesim matinal recorrendo a qualquer meio que vos faça relaxar. Seja um pequeno almoço pausado e delicioso, um pouco de música para motivar, meditar ou ler mais um pouco de uma página por terminar. É essencial encontrar uma rotina matinal que encaixe e que nos torne mais receptivos para o que chega durante o dia.